Outubro Rosa/ Novembro Azul

10351728_791139084276710_6291605325312281039_n.jpg?oh=06aad1d98421db9ed8070e038c50ee81&oe=54BE6D83

Após o Outubro Rosa, mais um importante passo inicia pela prevenção. O foco passa a ser contra o câncer de próstata. Seguindo exemplo, o Novembro Azul integra a programação mundial para conscientizar o sexo masculino nos aspectos da prevenção da doença. Em menos de 30 anos, a taxa de mortalidade nos homens brasileiros por câncer de próstata aumentou mais de 95% e é o segundo câncer mais comum entre os homens, sendo o primeiro o de pele não melanoma. Conforme o Ministério da Saúde, são mais de 50 mil casos novos todo ano, com o número de mortes ultrapassando os 12 mil registros. O mês ainda tem um reforço nessa luta: 17 de novembro é o Dia Nacional de Combate ao Câncer de Próstata.
Se o Outubro Rosa remete à cor do laço que simboliza, internacionalmente, a ação é contra o câncer de mama, no Novembro Azul, o bigode entra em cena. A fundação Movember promove um evento para conscientização e arrecadação de fundos para a luta contra o câncer de próstata e outras doenças masculinas. O nome da entidade é uma brincadeira com as palavras“moustache” ou “mo”, “bigode” em inglês, e o nome do mês.

Participantes cadastrados no site da Movember fazem uma espécie de maratona do bigode, e podem fazer upload de fotos que registram o progresso de seus pelos faciais e histórias relacionadas a eles. As regras exigem que os participantes estejam totalmente barbeados no dia 1º e cultivem o bigode do “zero”. Não são aceitos barba e cavanhaque. Desde o início da semana, o Instagram também está cheio de fotos de participantes em vias de ficarem bigodudos (foto acima). Basta dar uma busca por #movember.
O evento aconteceu pela primeira vez em 1999 na Austrália. A fundação existe desde 2004 e hoje conta com a adesão de instituições nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Dinamarca, Espanha e Grécia, entre outros países.

Anúncios