Mãe

Diariamente....

“Mãe é aquele ser estranho, louco, capaz de heroísmos, dramas e breguices com a mesma fúria; paga mico, escreve carta para Papai Noel, se faz passar por fadinha do dente, coelho da páscoa, cuca, pede autógrafo para artistas deploráveis assiste a programas, peças, shows horríveis, revê milhares de vezes os mesmos desenhos animados, conta as mesmas histórias centenas de vezes.
Mãe faz escândalo, tira satisfação com professor, berra em público, deixa a gente sem graça, compra briga; é espaçosa, barulhenta, tendenciosa, leoa, tiete, dona da gente.
Mãe faz promessa, hora extra, pra que a gente tenha o que é preciso e o que sonha. Mortificada… Mãe é um bicho doido, louco pela cria. Mãe é visceral.
Mãe chora em apresentação de balé, em competição de natação, quando a filha menstrua pela primeira vez, quando dá o primeiro beijo, quando vê a filha apaixonada no casamento, no parto… Xinga todo e…

Ver o post original 361 mais palavras

Anúncios