12 destinos para 12 signos

12 destinos para 12 signos

by Astrólogo Depressivo

As escolhas a seguir foram feitas de acordo com o arquétipo de cada signo, mas nada os impede de identificar-se com outro país e sua história, afinal, há muitos países, muitas histórias e apenas 12 signos. O astrólogo depressivo nunca teve a oportunidade de sair do país, portanto, peço que perdoem qualquer relato que não seja condizente com a realidade de um país, afinal, fiz tudo com base em pesquisas, mas não vi com meus próprios olhos. Espero que gostem da brincadeira e que compartilhem comigo seus destinos favoritos!

safari-c3a1frica

Áries -África do Sul

Quase cinco vezes maior que a Grã-Bretanha e duas vezes maior que a França, engana-se quem pensa que a exótica África de Sul se sobressai apenas pela dimensão do território ou por sua rica fauna, flora e clima tropical à brasileira. O destino de viagem que teve o mais rápido crescimento do mundo e está entre o top 10 das rotas educacionais vai bem mais além dos imperdíveis safáris. Rouba a cena também quando os temas são modernidade, diversão e cultura. Experimentando a efervescência de uma indústria cultural em crescimento, o país se apresenta como grande palco de manifestações artísticas. Museus de qualidade, por exemplo, estão por toda parte. Na música, a multiplicidade de ritmos carrega sons do pop africano, soul, jazz, reggae e hip-hop. Pelas principais cidades e vilas, pululam os mercados de rua com arte africana em diferentes estilos, sem contar os centros comerciais que funcionam como zona de lazer. O clima e a geografia favoráveis da África do Sul fazem dos esportes (inclusive os radicais) uma atração para o ano inteiro. Futebol e rúgbi são as paixões nacionais. Mas há espaço, ainda, para o tênis, críquete, golfe, saltos no maior bungee jump do mundo, surfe, rafting, escalada e trilha por gigantescos parques naturais. Se conseguir fazer e conhecer pelo menos 10% de tudo o que país oferece, o turista vai se sentir “quase” um sul-africano.

Fonte: CI – Central de Intercâmbio

Astrólogo Depressivo justifica sua escolha: 
Escolhi a África do Sul para o signo de Áries por conta da variedade de atrações que oferece, da paisagem natural, dos esportes radicais e dos safáris. Acho que a oportunidade de observar a natureza tão de perto e vivenciar experiências variadas e “selvagens”, que estimulam a adrenalina, tem tudo a ver com o signo que é tido como o dos impulsivos e até “irracionais” (fogo é expansão, Marte é o impulso).

 

site_pacote_vig_17407867

Touro – França

Dos Alpes à ensolarada costa mediterrânea, a terra napoleônica irradia charme e cultura. A começar pelo seu idioma de pronúncia ‘chique’. A moda, a gastronomia, a
arquitetura, as artes, os perfumes e o estilo de vida dos franceses também fascinam os turistas. A França da liberdade, igualdade e fraternidade até hoje é exemplo a ser seguido e idolatrado. Daí se explica por que é o país mais visitado do mundo, recebendo cerca de 80 milhões de turistas por ano. Afinal, são muitos os lugares para curtir e se encantar. A deslumbrante capital Paris é a porta de entrada e dispensa apresentações. Já Bordeaux e seus vinhos merecem degustação. Enquanto Nice e Cannes são um boa amostra das belas praias da chamada Costa Azul. Ou que tal então viajar pela região de Champagne, que deu origem à famosa bebida espumante?

Fonte: CI – Central de Intercâmbio

Astrólogo Depressivo justifica sua escolha: considero a França um país essencialmente venusiano, já que é conhecido pela arte, gastronomia, perfumes, atmosfera romântica, luxo e consumo. Optei por Touro, porque gastronomia, luxo, consumo e arte são palavras chave para o signo. A princípio, pensei em escolher este país para Libra, mas considerei o povo francês um pouco mais introspectivo e fechado, aos moldes de Touro, signo de Terra.

viver_portugal_blumenews_07

Gêmeos – Portugal

Embora seja um país pequeno, menor que o estado de Santa Catarina e menos populoso que a cidade de São Paulo, Portugal já foi o centro do mundo e tem muita história para contar. O pioneirismo nas navegações, os castelos que transbordam romantismo, os fortes medievais e os inúmeros mosteiros fazem parte da tradição lusitana. Banhado pelo Atlântico e dividido em sete estados, o país ibérico faz divisa com a Espanha, sendo possível ir de carro de uma nação a outra. A maioria da população vive no litoral. Esbanjando simpatia, os descobridores do Brasil nos chamam de ‘irmãos’. A recepção é toda calorosa, já que a língua-mãe em comum é o português, com algumas diferenças de sotaque e de significado nas palavras. Inspirando cultura, o país de Camões, Fernando Pessoa e Saramago fica ainda mais agradável no verão. Oferece passeios ao ar livre nas vielas, ruínas, praças, praias e parques. As belezas naturais também marcam presença na terrinha, ora pois! Nos quesito comida, o glamour não é o mesmo da cozinha francesa ou da espanhola, mas a mesa lusa também é prato cheio para saciar o paladar.

Fonte: CI – Central de Intercâmbio

Astrólogo Depressivo justifica sua escolha: procurei para Gêmeos um país que facilitasse a comunicação e o trânsito e fosse conhecido por sua literatura, já que o signo é regido por Mercúrio e fala de tudo isso. Em Portugal, o geminiano pode falar à vontade, porque todos compreenderão. O fato de ser um país da Europa também permite que ele transite por outras nações com liberdade. Além disso, quem não quer visitar um lugar que “gerou” Fernando Pessoa (e todos os seus heterônimos) e Camões?!

conheca-as-principais-cidades-turisticas-dos-estados-unidos

Câncer – Estados Unidos

Os Estados Unidos estão mais para um continente do que para um simples país. A nação superpoderosa e dona do mundo colocou a sandália da humildade em muitos aspectos, como eleger seu primeiro presidente negro na história, e está cada vez mais de braços abertos para receber os viajantes brasileiros. Os States continuam o destino perfeito para o estudante ampliar os horizontes em todos os sentidos. Seja em estilo, prazer, paisagens, passeios, esportes, lazer, história, estudo, diversão, compras, negócios… tudo isso somado a uma infraestrutura de qualidade e digna de cinema. Só para atiçar a vontade, que lugar no mundo tem uma noite como a de Nova York? Os parques temáticos de Orlando? A badalação e as lojas de Miami? Os cassinos de Las Vegas? As ondas e o glamour hollywoodiano da Califórnia, ou as pistas de Aspen? Apesar da diversidade de opções, você pode conhecer os EUA ao seu próprio gosto. Cada uma das 50 estrelas presentes na aclamada bandeira americana, que representam todos os Estados do país, tem seu próprio encanto e charme diferente.

Fonte: CI – Central de Intercâmbio

Astrólogo Depressivo justifica sua escolha: fiz essa escolha por conta de uma única característica: o significado da Lua (regente de Câncer). A Lua fala do povo, da pátria, da receptividade e acolhimento e este é um país conhecido por seu povo patriota, que defende sua bandeira apaixonadamente. O país também é conhecido por acolher um grande número de imigrantes do mundo todo, por conta das oportunidades que oferece.
Receber pessoas em sua “casa” e orgulhar-se de sua pátria é coisa bem canceriana, não?!
Ah, por coincidência (ou não), 4 de julho é justamente a data da Independência dos Estados Unidos.

17

Leão – Inglaterra

Nunca o clássico e o moderno se misturaram tão bem quanto nesta ilha que durante séculos ditou as regras e os costumes do mundo. Pisar em solo inglês é entrar em contato com uma realidade além dos livros que narram o passado das civilizações. Estudar ou fazer turismo na Inglaterra é oportunidade sem igual para presenciar um capítulo vivo da história e, claro, praticar o legítimo inglês britânico. De quebra, você verá a ponte Westminster, o Palácio de Buckingham, a London Eye e acertará o seu relógio pelo pontual Big Ben. Além das obrigatórias visitas aos principais cartões-postais de Londres, uma temporada no lar da Família Real mais conhecida do mundo representa um passeio pelos tempos romanos, medievais, vitorianos e georgianos. O rico legado deixado pelos antigos, aliado ao pioneirismo industrial e de outras áreas, transformou a Inglaterra em um país diversificado, transbordando cultura, diversão, cidades interessantes e paisagens lindas. Já o povo inglês tem um jeito peculiar de ser. Espírito boêmio, humor sarcástico, paixão pelos esportes (em especial o futebol), talento para a música e estilo cordial estão entre suas principais características. Eis o ambiente ideal para qualquer viajante renovar o estado de espírito e se sentir protagonista do mundo.

Fonte: CI – Central de Intercâmbio

Astrólogo Depressivo justifica sua escolha: Escolhi a Inglaterra, principalmente por conta da popularidade de seus reis e rainhas. Escolhi também porque assim como o signo de Leão, o povo inglês é símbolo de imponência. Além disso, não podemos esquecer que a Inglaterra colonizou diversos países, mostrando quem manda (e leonino também manda pra dedéu) no mapa-mundi.

st0sao.-ContentPar-0016-Image.ContentPartextimage.0.1

Virgem – Suíça

Com alto padrão de qualidade de vida e organização, a Suíça é um país “três em um”. Pois se divide em regiões de origens alemã, francesa e italiana. Poliglota, a terra do relógio, onde tudo funciona com precisão, carrega a herança multicultural em museus, festivais, lugares históricos e na arquitetura medieval. Fazendo fronteira com França, Alemanha, Itália e Áustria, seu outro diferencial está na belíssima paisagem natural de grandes bosques, lagos e montanhas, como a famosa região dos Alpes. Lá, a adrenalina das estações de esqui e o frio abaixo de zero são garantidos em qualquer época do ano. O cosmopolita vilarejo nevado de Verbier que o diga. Já no verão, as principais cidades ostentam espírito jovem e animado. São os casos de Zurique, Genebra e a capital Berna. A Suíça também pode ser descoberta de trem, em viagens panorâmicas por cenários alpinos de tirar o fôlego, de bicicleta pelos 3 mil km de ciclovias que cortam o país, ou ainda pelo paladar.  Isso mesmo, cada região típica tem sua influência na cozinha. Mas duas iguarias são unânimes em qualquer lugar. Quem nunca ouviu falar dos fantásticos queijos e chocolates suíços? O legítimo fondue e o rosti (receita à base de batatas e carne) são outros pratos bastante tradicionais.

Fonte: CI – Central de Intercâmbio

Astrólogo Depressivo justifica sua escolha: Escolhi a Suíça para o signo de Virgem, porque os críticos do zodíaco apreciam a ordem e o método e os suíços são especialistas nisso. A Suíça é responsável por metade da produção mundial de relógios e seu povo é conhecido pela pontualidade e limpeza – suíços reciclam quase todo o lixo que produzem. São preocupados também com a poluição sonora e em suas cidades e vilas o nível do som é controlado por sonômetros estrategicamente colocados em postes. Quer ordem, virginiano?! Vá pra Suíça.

veneza-rio-italia-barcos-casas

Libra – Itália

Um dos principais destinos turísticos e culturais do mundo, o país da bota é sinônimo de história. Afinal, trata-se, ao lado da Grécia, do berço da civilização ocidental, tendo sido na antiguidade a sede do poderoso Império Romano. Do Coliseu ao Vaticano (considerado o menor país do mundo), contabilizando outros 100 mil monumentos e obras de arte, tudo se faz belo e eterno por lá. Muitas das cidades parecem um museu a céu aberto, com as marcas de importantes gênios literários (Dante Alighieri e Maquiavel) e renascentistas (Donatello, Rafael, Michelangelo e da Vinci). A capital Roma carrega um legado medieval de quase três mil anos. Já Milão é o melhor retrato da elegância e sofisticação dos italianos.
Apesar das diferenças regionais – com o Norte mais industrializado e o Sul predominantemente agrário – em qualquer lugar a comida e o futebol são duas grandes paixões dos italianos. Um povo feliz que adora falar alto, gesticular e, sobretudo, comemorar. Qualquer coisa, para eles, é motivo de festa. Um milagrezinho ou dia de santo já é o suficiente para sair às ruas em festivais regados a muito vinho, comida e música.
Consagrada como centro da moda, das artes e do design, a Itália também é boa pedida às compras.

Fonte: CI – Central de Intercâmbio

Astrólogo Depressivo justifica sua escolha: Escolhi a Itália para Libra, porque o país é conhecido por sua arte, é considerado um dos centros da moda e é símbolo de elegância e sofisticação. Outra característica importante que teve peso na minha escolha, foi a postura do povo italiano, que é mais aberto a interagir e socializar. Se você libriano e tem um par, que tal passear de gôndola em Veneza?

machu-picchu-peru

Escorpião – Peru

O mais místico dos países sul-americanos, que já foi sede do Império Inca e berço das civilizações da América, tem nada menos que 10 mil anos de história. Isso mesmo! Sua origem remonta há bem antes da colonização hispânica e precede até os tempos de Cristo. A existência milenar peruana é registrada em mais de cinco mil sítios arqueológicos, onde muitos mistérios continuam sendo desvendados para o mundo. O Peru, que tem fronteira amazônica com o Brasil e é quase do mesmo tamanho do Estado do Pará, se divide geograficamente em três regiões. Banhada pelo Pacífico, a Costa possui a maior densidade demográfica. Pois representa 11% do território nacional e abriga mais da metade (52%) dos 29 milhões de peruanos. A Serra tem 30% de área territorial e reúne 36% da população. Já a Selva é a maior região do país(59%), mas com a menor quantidade de habitantes (12%).
Devido à paisagem colorida e variada, há também diferentes tipos de clima em cada zona. Desde árido e temperado, a úmido e tropical. O país é um verdadeiro espetáculo da natureza. Montanhas, deserto, cordilheiras, florestas e praias compõem o cenário. A rica fauna e flora colocam o Peru entre os cinco países de maior diversidade biológica do mundo. Os números impressionam. Lá, há mais de 1.800 tipos de aves, 3.500 variedades de orquídeas (80% delas exclusivas) e 10% das espécies de répteis, mamíferos e peixes existentes na Terra. A diversidade cultural no Peru é outro atrativo e está exposta em muitas cidades históricas, como a capital Lima, Cusco, Machu Picchu, Chiclayo, Arequipa, entre outras. A maior cidade de barro do mundo (Chan Chan) e a mais antiga cidade das Américas (Caral) também são peruanas. Além disso, inúmeros gêneros musicais, de dança, artesanatos, celebrações, museus, festas e pratos típicos (a maioria apimentada) incorporam a tradição local. Os peruanos são predominantemente mestiços e urbanos. A maior parte fala castelhano, mas existem outras 50 línguas nativas, como quechua e aymara. Aos amantes da aventura, trata-se de um lugar e tanto para os esportes radicais. Rola fazer esqui, escalada, bungee jump, rafting, canoagem, rali, trilhas… sempre de braços abertos, o país se mantém em contínua descoberta pelos visitantes atraídos a garimpar história. Boas surpresas estão à sua espera!

Fonte: CI – Central de Intercâmbio

Astrólogo Depressivo justifica sua escolha: tive muita dificuldade ao escolher um país para Escorpião, porque queria um país que tivesse um ar de mistério e cultura rica, perfeita para explorar. Escolhi o Peru por conta dos sítios arqueológicos e do mistério que os rodeia. Todos os amigos do tio depressivo que já visitaram o país relatam que a atmosfera do Peru é diferente de tudo o que já viram, então… eu acreditei neles e recomendo o destino aos escorpianos.


Sagitário – Nova Zelândia

A longa viagem de 20 horas do Brasil à Nova Zelândia vale muito a pena! Ao desembarcar na terra dos kiwis (não se trata da fruta, e sim como os nativos são chamados por causa do nome de um pássaro típico da região), o cansaço fica de lado. O turista já se deslumbra com o clima tropical, a hospitalidade da população e a bela paisagem favorável aos esportes radicais. Além disso, o país tem uma moeda com valor de câmbio mais barato do que outros destinos e não impõe tantas barreiras para se obter o visto de entrada. Dividida em duas grandes ilhas (Norte e Sul), com tamanho total equivalente ao estado brasileiro do Rio Grande do Sul, a capital mundial da aventura, como é conhecida, esbanja um estilo de vida tranquilo, que privilegia o contato com a natureza. No roteiro, constam trilhas de mata fechada em parques nacionais, escalada em gigantescas montanhas glaciais e descida de corredeiras. Quer mais adrenalina? Experimente pular de bungee jump, invenção (claro!) de um neozelandês. Esportes aquáticos, como a vela, também são tradicionalíssimos. Como o país foi uma exceção à colonização europeia, a cultura do povo de origem, os “maoris”, é preservada até hoje em museus e nas ruas. Apesar de isolada do outro lado do mapa-múndi, a Nova Zelândia desfila no hall dos países desenvolvidos. Ou seja, faz parte do primeiro mundo. E os maoris estavam certos desde antigamente. Eles chamavam o país de “Aotearoa”, a terra da grande nuvem branca. Ela continua bonita e imponente no cenário – hoje global!

Fonte: CI – Central de Intercâmbio

Astrólogo Depressivo justifica sua escolha: foi difícil escolher um país para Sagitário, porque este signo representa a própria imagem do viajante, que através do conhecimento e da cultura busca respostas para suas perguntas. Imagino que para um sagitariano, a oportunidade de conhecer qualquer país é agradável, mas decidi pela Nova Zelândia, principalmente por conta dos esportes radicais, que reforçam o espírito aventureiro do signo. Escolhi também, porque durante minha pesquisa, encontrei diversos relatos mencionando a informalidade do povo neo zelandês. Se Sagitário é um signo de expansão, nada mais justo que ser recebido por um povo que o compreende, não?! A possibilidade de explorar a paisagem natural do país também foi crucial para a minha decisão.

chinaCapricórnio – China

A República Popular da China, assim chamada oficialmente, está em constante evidência internacional. Pois caminha a passos largos para se tornar a maior potência do mundo, deixando para trás até mesmo os poderosos Estados Unidos.
Tudo no país chinês, que hoje já é o principal parceiro comercial do Brasil, tem uma dimensão maior que em qualquer outro lugar. A começar pela população, que representa um quinto da humanidade. Trata-se da nação mais populosa do planeta, com 1,3 bilhão de pessoas – e olhe que o número poderia ser bem maior, não fosse a política de filho único por casal adotada a partir da década de 1970.
Considerada um dos berços da civilização, a China também carrega rica história e herança cultural. Entre suas tradições mais marcantes, estão as artes marciais, a astrologia, a comida exótica (inclusive à base de insetos), as porcelanas finas, a estilosa caligrafia, a pólvora, a bússola, a fabricação de tecidos, a fundição de ferro e bronze, a indústria naval e muitas outras tecnologias e técnicas que os chineses inventaram antes do Ocidente. Engana-se quem pensa que o futebol é criação inglesa. A origem desse esporte remonta há 2,5 mil anos justamente na China.
Voltada para todos os públicos – desde turistas e aventureiros a estudantes e profissionais em buscas de negócios – a terra de Mao Tsé-Tung e dos ursos pandas inspira novas conquistas e objetivos. Afinal, ainda há um mundo de possibilidades e grandezas à espera por lá.

Fonte: CI – Central de Intercâmbio

Astrólogo Depressivo justifica sua escolha: escolhi a China para o signo de Capricórnio porque o país está se tornando potência mundial de maneira impressionante (prefiro não discutir os meios que os fizeram alcançar essa posição, já que esse post tem objetivo turístico) e é visitado principalmente por conta das oportunidades de negócio que oferece. Como capricorniano não veio ao mundo à passeio, nada mais natural que visitar um país que não tenha apenas o patrimônio cultural (que é riquíssimo) a oferecer.

 

japao

Aquário – Japão

Vale a pena encarar as muitas horas de voo para mergulhar de cabeça na cultura e costumes nipônicos. Situado no extremo leste da Ásia, o Japão é um retrato diferente do resto do Oriente. Embora tenha virado potência ultramoderna, sua tradição milenar jamais se perderá com o tempo e progresso. O império do sol nascente cresce com seus velhinhos simpáticos e ativos e, ao mesmo tempo, com uma geração de jovens descolados e high-tech. Dos mais novos, a maioria fala o inglês fluentemente. Por isso, o Japão tem se tornado destino cada vez mais acolhedor aos turistas. A população em geral é tolerante e bem-educada com os estrangeiros.
Já para quem aprecia história e artes, o Japão é também a terra das gueixas, das lutas marciais, dos bonsais, do origami e mangá, do teatro de bonecos, dos robôs, além de esculturas, pinturas, músicas e danças típicas. O que falar então das centenas de templos e santuários budistas e dos belos jardins orientais? Aliás, a generosa natureza local oferece, ainda, águas termais e até neve para esquiar. Com 3.776 metros de altura, o sagrado vulcão Monte Fuji é o ponto mais alto do país.
As grandes cidades, por sua vez, encantam pelo passado e presente. Todas possuem um sistema de transporte da mais alta qualidade. A luminosa capital Tóquio mescla os edifícios futuristas com construções e bairros seculares.

Fonte: CI – Central de Intercâmbio

Astrólogo Depressivo justifica sua escolha: ao ler sobre o Japão, facilmente identifiquei o arquétipo do signo de Aquário. A população japonesa se divide entre dois estilos: o uraniano e o saturnino. A porção uraniana do Japão remete à tecnologia, à quebra de padrões (já viram a quantidade de cabelos coloridos nas ruas do Japão?) e ao diferente. A porção saturnina remete aos padrões extremamente rígidos típicos da educação japonesa. Acho que é um país que, assim como o signo de Aquário, se divide entre o moderno e o careta – ao mesmo tempo que fogem de todos os padrões, são extremamente fiéis às regras e limites.

8341taj

Peixes – Índia

O segundo país mais populoso do mundo, só perdendo da vizinha China, é muito mais que um destino místico e zen. A tradição milenar indiana, com mais de 5 mil anos de história, se mantém ao ritmo da modernidade nas grandes cidades, como a capital Nova Déli e Mumbai. Atraindo todo ano milhões de turistas, a Índia, que já foi colônia britânica, embora os primeiros europeus a chegar por lá foram os portugueses no século 16, tem diversos ícones mundialmente conhecidos. Quem nunca ouviu falar dos típicos elefantes de passeio, do chai (chá), do Taj Mahal (palácio muçulmano considerado uma das novas maravilhas do mundo), de Mahatma Gandhi (famoso líder pacifista), das sedas e tecidos coloridos, dos temperos e comidas exóticas, dos perfumes e incensos, das joias raras, do riquixá (espécie de táxi puxado por força humana) e por aí vai? O país também é bastante lembrado pela cultura hinduísta, manifestada nas animadas danças, músicas e na crença em muitos deuses – existem mais de 200 mil deles. Sem contar os suntuosos templos e pontos sagrados de peregrinação espalhados pelo território nacional. Meditar à beira do Rio Ganges, em Varanasi, por exemplo, é hábito comum do povo local. Em geral, os indianos são alegres, calmos e adoram fazer negócios, ou melhor, vender seus variados produtos artesanais. Por isso, a dica é barganhar algumas rupias, a moeda local. Apesar dos contrastes sociais, a Índia cada vez mais ganha espaço no grupo das principais economias emergentes do mundo. Tem se destacado, sobretudo, nas áreas de tecnologia e (acredite!) de cinema. Conhecida mundialmente como Bollywood, em Mumbai, a indústria cinematográfica indiana é a que mais cresce no planeta – já superou até a pioneira Hollywood, tanto no número de produção de filmes, quanto de espectadores. Em muitos roteiros e cenas da vida real, a nação indiana vem assumindo o papel protagonista e, assim, fascina o visitante com seu estilo peculiar de ser.

Fonte: CI – Central de Intercâmbio

Astrólogo Depressivo justifica sua escolha: A Índia é conhecida como um destino místico, por conta da cultura hinduísta. Como os regentes de Peixes (Netuno e Júpiter) falam sobre o misticismo e sobre a fé, procurei um destino que oferecesse essas características. Há muita discussão acerca das condições de vida na Índia, mas as pessoas costumam ser unânimes ao dizer que é um país que todos devem visitar, por conta da cultura tão diferente da nossa e da “vibe” espiritualizada que gira em torno do país.

(Observação: todas as imagens utilizadas nesta postagem foram extraídas do Google e não de propriedade ou autoria da Astrologia da Depressão)

Astrólogo Depressivo | 21/10/2013 às 10:30 am | Categorias: Uncategorized | URL:http://wp.me/p3ABxp-cN
Anúncios