E ele é assim…

E ele e assim:
um misto de semi-deus
e anjo caído
homem de seu tempo e eterno menino
sorriso capaz de iluminar o mundo…
Os olhos de mar presumem sabedoria
ao mesmo tempo envolto num pensamento profundo.
Sua solidão conivente à sua humana condição;
Girassol de um ano inteiro, amor de uma só estação… dessas coisas que ninguém entende…
Diamante de corte certeiro, por vezes, frio qual cubo de gelo,
nobre, firme, único,
mas simples, como a nuvem que marca por ser impermanente…

Poema para um amigo sob a musica “Moon over Bourbon street” – Sting

25/01/2013

Anúncios