EU POSSO FAZER MAIS DO QUE ISSO

EU POSSO FAZER MAIS DO QUE ISSO

A mãe parou ao lado do leito de seu filhinho de 6 anos, que estava doente de leucemia. Como qualquer outra mãe, ela gostaria que ele crescesse e realizasse seus sonhos. Agora, isso não seria mais possível, por causa de uma leucemia terminal. Junto dele a mãe tomou-lhe a mão e perguntou:

– Filho, você alguma vez pensou o que gostaria de ser quando crescesse?

– Mamãe, eu sempre quis ser bombeiro!

A mãe sorriu e disse:

– Vamos ver o que podemos fazer.

Mais tarde, naquele mesmo dia, ela foi ao Corpo de Bombeiros local, contou ao Chefe dos Bombeiros a situação de seu filho e perguntou se seria possível o garoto dar uma volta no carro dos bombeiros, em volta do quarteirão. O Chefe dos bombeiros, comovido, disse: – NÓS PODEMOS FAZER MAIS DO QUE ISSO! Se você estiver com seu filho pronto às sete horas da manhã, daqui a uma semana, nós faremos dele um bombeiro honorário, por todo o dia. Ele poderá ir para o quartel, comer conosco e sair para atender as chamadas de incêndio. E se você nos der as medidas dele, nós conseguiremos um uniforme completo: chapéu com o emblema do nosso batalhão, casaco amarelo igual ao que vestimos e botas também.

Uma semana depois, o bombeiro-chefe pegou o garoto, vestiu-lhe o uniforme de bombeiro e o escoltou do leito do hospital até o caminhão de bombeiros. O menino ficou sentado na parte de trás do caminhão e foi até o quartel central. Parecia-lhe estar no céu… Ocorreram três chamadas naquele dia na cidade e o garoto acompanhou todas três.

Em cada chamada, ele foi em veículos diferentes: no tanque, na van dos para-médicos e até no carro especial do chefe dos bombeiros. Todo o amor e atenção que foram dispensados ao menino acabaram comovendo-o, tão profundamente, que ele viveu três meses a mais que o previsto.

Uma noite, todas as suas funções vitais começaram a cair dramaticamente e a mãe decidiu chamar ao hospital, toda a família. Então, ela lembrou a emoção que o garoto tinha passado como um bombeiro, pediu à enfermeira que ligasse para o chefe da corporação e perguntou, se seria possível enviar um bombeiro para o hospital, naquele momento trágico, para ficar com o menino. O chefe dos bombeiros respondeu: NÓS PODEMOS FAZER MAIS DO QUE ISSO! Nós estaremos aí em cinco minutos. Mas, faça-me um favor: quando você ouvir as sirenes e vir as luzes de nossos carros, avise no sistema de som que não se trata de um incêndio. Apenas o Corpo de Bombeiros está vindo visitar, mais uma vez, um de seus mais distintos integrantes. E também poderia abrir a janela do quarto dele? Obrigado.

Cinco minutos depois, uma van e um caminhão com escada magirus chegaram ao hospital. Estenderam a escada até o andar onde o garoto estava e, 16 bombeiros subiram. Com a permissão da mãe, eles o abraçaram, seguraram e disseram que o amavam. Com voz fraquinha, o menino olhou para o chefe e perguntou:

– Chefe, eu sou mesmo um bombeiro?

– Sim, você é um dos melhores – disse ele.

Ouvindo estas palavras, o menino sorriu e fechou seus olhos para sempre.

E você, o que anda fazendo, diante dos pedidos que recebe pela vida afora? Comprometa-se e diga sempre: “EU POSSO FAZER MAIS DO QUE ISSO!”

Anúncios

4 comentários sobre “EU POSSO FAZER MAIS DO QUE ISSO

  1. SAUDAÇÕES!
    Amiga Semíramis,
    É um texto emocionante, verdadeiramente uma profunda história de amor que nos conforta o espírito e alegra a Alma!
    Que mensagem fantástica!
    Valeu a pena conferir seu maravilhoso Post!
    Parabéns pelo lindo texto!
    Abraços,
    LISON.

    Curtir

  2. O texto é lindo, comovente. As pessoas andam tão atarefadas, tão doentes, tão estressadas que não têm tempo para olhar para o outro! Quem dera pudéssemos fazer coisas semelhantes para outras pessoas!
    Bjão!

    Curtir

  3. Oi, Denize

    Essa, entre outras ações maravilhosas você pode conhecer e até tomar parte através do Make a Wish http://www.makeawish.org.br/ – Make-A-Wish Brasil®, foi fundada em 2008 e é filiada a Make-A-Wish® Internacional que é uma organização que realiza desejos de crianças de 3 a 18 anos, portadoras de doenças que possam colocar em risco suas vidas.

    Essa ação reflete-se no impacto positivo que este tipo de experiência provoca nestas crianças, em suas famílias e na comunidade.

    A Make-A-Wish Internacional, fundada em 1993, conta hoje com cerca de 25.000 voluntários que fazem com que estes desejos se tornem realidade, levando a estas crianças esperança, força e alegria.

    Conheça e participe da caminhada que acontecerá no dia 17/10 às 9hs da manhã no parque do Ibirapuera em São Paulo.
    Ajude a divulgar esse evento

    Um abraço

    Semíramis

    Curtir

  4. Que texto mais lindo, amiga! Não pude deixar de refletir sobre as oportunidades que nós deixamos escapar nesta vida, de “fazer mais” e por preguiça, pressa, ou sei lá que outra desculpa podemos dar, fizemos muito menos do que podíamos ou deveríamos ter feito. Quantas pessoas será que deixamos de ajudar ou simplesmente confortar? Inúmeras sem dúvida, pela vida à fora. E quando fazemos alguma coisa, geralmente é rápido demais e com a cabeça nos nossos compromissos “inadiáveis”, o que torna o feito” uma obrigação, sem aproveitarmos a alegria que acompanha quem se sente útil. E o efeito que nossos pequenos gestos podem causar nas pessoas… Como esse menino da sua estória, que recebeu esse bálsamo chamado solidariedade, no momento mais crucial da sua curta passagem pela nossa terra, e partiu reconfortado. Imagino também a paz que sentiram todos os que puderam colaborar nesta linda “missão” de amor. Na verdade não fazemos nem o mínimo, quanto mais o máximo. Mas a luta continua, e o aprendizado também. Maravilhoso Post. Abs Denize

    Curtir

Os comentários estão desativados.